Thursday, July 23, 2009

Descon quê?

.
Não há o mínimo descontrole nas contas públicas.
Quem o afirma é o ministro Aki, lembrado com muito humor, pelo Jorge Ferreira.
Este ministro Aki faz lembrar o famoso Ali Comic. Devem ser primos, pois têm o mesmo apelido.
.
Regularmente tem o governo anunciado retomas, fins de crises e outras coisas boas, para logo depois, passados poucos momentos, ser contrariado pelos factos ou por notícias de fontes habitualmente melhor informadas.
Desce o desemprego ao meio-dia, para recrudescer ao fim da tarde. Sinais de recuperação ao amanhecer, esfumam-se dissolvidos na neblina logo após o almoço. Adormece o país docemente, sossegado por a crise - aleluia! - já ter batido no fundo, para acordar sobressaltado umas horas depois, arrepiado com mais desemprego, horrorizado com mais empresas na falência, e até, ocasionalmente, habituado à possibilidade de aparecer mais um ou outro Banco-roto. É como se o governo oscilasse permanentemente, e sem sequer dar por isso, entre a ejaculação precoce e o não conseguir chegar lá.
.
Felizmente não há descontrole das contas públicas. Valha-nos isso.
.

1 comment:

intimidades said...

das publicas nao sei, estou a decidir em quem acreditar

mas das minhas ha um descontrola quase total, mas apetecido

Jokas
Paula